“Adoro essa sua cara de sono e o timbre da sua voz que fica me dizendo coisas tão malucas e que quase me mata de rir quando tenta me convencer que eu só fiquei aqui porque nós dois somos iguais. Até parece que você já tinha o meu manual de instruções porque você decifra os meus sonhos, porque você sabe o que eu gosto e porque quando você me abraça o mundo gira devagar.”
Pitty.   (via ocasionador)

“Meu mau humor atinge o meu relacionamento com a minha própria pessoa.”
Kurt Cobain.  (via recontador)




“Eu me dei conta de que era um depressivo, quando a única maneira de dormir bem, era deitar acreditando que pela manha eu não estaria mais ali… eu já teria ido embora.”
Rennan Sama (via rennan-sama)

“É ruim se olhar no espelho e odiar o seu corpo. É ruim se sentar, olhar suas coxas e querer arranca-las de você. É ruim querer jogar toda a comida fora. É ruim não poder comer. É ruim querer comer.”
Ana is back (via a-l-l—b-a-d)

“Eu ainda não entendo porque eu ainda tento ser feliz no amor. A história sempre se repete. Eu me apaixono, sou iludida, sofro, fico mal e acaba desse jeito. A outra pessoa fica numa boa, a vida dela continua normal, ela nem se importa comigo, ou em como eu estou. Eu sempre fui iludida por filmes idiotas onde a pessoa que não te ama acaba misteriosamente se apaixonando por sua personalidade, assumindo seus erros e daí o amor dura para sempre. Infelizmente a vida real é bem mais dura e cruel. Eu sempre choro. Eu tento disfarçar, mas se você me conhecer bem, só de me olhar nos olhos já saberá que eu não estou bem. Meu coração não está quebrado. Na verdade ele já não existe mais. E a cada dia sinto que estou cada vez mais fria, e já posso dizer que amar é uma das coisas que eu menos quero na minha vida. Os meus planos são outros. Existem pessoas que nascem para ser amadas e outras não. Eu já estou compreendendo onde é o meu lugar.”
A.N. (via jujuba-com-acucar)

a-drenalina:

Chega uma hora em que você não sente mais nada. Nem dor, nem alegria. Você simplesmente acorda, faz suas atividades e nem se dá o trabalho de botar um sorriso falso no rosto para enganar as pessoas em sua volta. Você cansa. Cansa de sofrer, cansa de tentar ser feliz, cansa de usar uma máscara.Você vira uma pessoa neutra. Os sentimentos se misturam e a vontade de viver fica distante. As pessoas em sua volta começam a perceber e a unica coisa que você sabe responder quando perguntam “está tudo bem?” é “sei lá, tanto faz.”, porque realmente tanto faz. Respirar vira uma ação difícil.  Você passa a ser apenas mais uma pessoa na sociedade. Nem o prazer de querer se destacar existe mais.Você nem lembra mais como tudo começou. Uma mistura de dor, felicidade, ciumes, alegria, raiva, solidão, paixão… sei lá. Você começa a desistir de tudo porque nada parece estar certo. Você nem sabe quem é você mais. É como se você moresse e continuasse vivendo. E aquela pessoa que te fazia tão bem começa a te fazer tão mal. E agora? Agora, você não sabe como voltar, como conseguia ser feliz no passado. E você não vê nem o presente e nem o futuro.Você se sente como se fosse cego, mesmo enxergando. Os “eu te amo” ditos parecem te machucar ainda mais e você se afasta de todos. Não por opção, mas como se isso fosse a solução. As pessoas parecem não se importar mais. A dor se destaca no meio dos sentimentos confusos e você não possui mais forças para superar tudo isso.  A dor te consome a cada dia, a cada hora, a cada minuto. E a sua vida que era tão monótona vira uma confusão de sentimentos, atitudes e palavras.  É como estar bem no meio do furacão. Você está sozinho. Sozinho no meio da tempestade, sozinho no meio dessa bagunça. E agora? Agora você não sabe como agir e como reagir a isso tudo. Antes você não sentia nada, mas agora dói muito, não dói? Você não vê mais os dias passando. Nada mais te surpreende, nada mais te faz sorrir. E aquilo que parecia ser apenas uma fase, se torna a sua vida. E o pior: ninguém mais se importa ou faz questão de saber como você está. E ai você se dá conta que realmente está sozinho e que não é mais capaz de suportar tudo isso. (adrenalina)